Concurso “O que eu descobri com a Língua Portuguesa” – Cursos de Hannover e Wolfsburgo

 

6

O que eu descobri com a Língua Portuguesa foi o mote para um concurso dinamizado pelo professor Carlos Correia para os cursos de L.C.P. de Hannover e Wolfsburgo no âmbito da comemoração do Dia Internacional da Língua Portuguesa (5 de maio). Os alunos participaram com desenhos, poemas, textos em prosa, folhetos, cartazes, vídeos e textos áudio. Os vencedores foram os seguintes:

Categoria A (6 aos 10 anos):

Emanuel Brás (Wolfsburgo)

 O meu amigo Pedro

Nas minhas férias em Portugal eu

brinco com meu amigo Pedro.

O Pedro não fala alemão e ele é o meu

melhor amigo português.

Eu aprendo o português para

poder falar e brincar com ele.

*******************************

Versão minha e do meu Pai:

 

Amigos da praia, das férias e do sol,

pequeno país com um idioma grande.

Com alegria pelo futebol e o golo.

Saudade da pátria, da segunda

casa e dos meus heróis do mar.

Família de corajosos e amor ao fado.

No batismo estão as raízes de

uma nação valente e imortal.

Mia Albuquerque (Hannover)

Categoria B (11 aos 14 anos):

Eduardo Randazzo (Hannover) 

Olá eu sou o Eduardo

e tenho uma grande riqueza,

nasci de pai italiano

e de mãe portuguesa.

*******************************

Agora eu vou-vos contar,

o que descobri com a língua portuguesa,

que é uma língua poética,

cheia de grande beleza.

*******************************

É a língua de descobridores,

de poetas e de cantores.

Não esqueçamos dos conquistadores

e dos grandes libertadores.

*******************************

É o idioma do Pessoa,

da Amália, do Cristiano e do Camões.

É língua variada,

que une muitas nações.

*******************************

De Portugal ao Brasil,

da Ásia até África,

temos todos em comum

uma língua fantástica.

Núria Guardado (Wolfsburgo)

NúriaGuardado

Categoria C (15 aos 19 anos):

Inês Fernandes (Wolfsburgo)

 A nossa língua portuguesa

Existe há 800 anos

Esteve sempre livre para evoluir e nunca presa

Atualmente é falada por 220.000.000 humanos

*******************************

Nasceu do Latim

Com o seu irmão galego

A família da língua portuguesa ficou assim

Mas o latim não teve sossego

E dele nasceram mais línguas latinas

Que se falam até nas matinas

*******************************

O galaico-português

Era galego e português em conjunto

Eles separam-se de uma vez

Porque o português ficou com o seu próprio assunto

*******************************

Depois de muitas aventuras,

O português estabeleceu-se como português moderno

E nunca se vai tornar numa desventura.

Além disso, ficará um português eterno.

Patrick Domingues (Hannover)

Ficheiro áudio:

Outros trabalhos meritórios selecionados pelo professor Carlos Correia:

Melissa Simões (Categoria A – Hannover)

Melissa Simões 1

Leonardo Santos Randazzo (Categoria B – Hannover)

A palavra nação.

A palavra coração.

A palavra solidão.

A palavra campeão.

*******************************

O que significa SAUDADE.

O que significa liberdade.

O que significa felicidade.

O que significa verdade.

*******************************

O significado de FADO.

O significado de amado.

O significado de apaixonado.

O significado de libertado.

*******************************

O que é um descobridor.

O que é um colonizador.

O que é um lutador.

O que é um libertador.

*******************************

Que Pessoa é um poeta.

Que Amália é lisboeta.

Que o Benfica é uma treta.

Que o Pizzi é um perneta.

*******************************

Que a nata è gostosa.

Que Lisboa è famosa.

Que a cidade do Porto é maravilhosa.

Que a cidade de Espinho é ventosa.

*******************************

Como se escreve francesinha.

Como se escreve sardinha.

Como se escreve avozinha.

Como se escreve madrinha.

*******************************

Que o Porto é o melhor.

Que a alface tem sabor.

Que a partida provoca dor.

Que a família é amor.

Nicole Correia Pernes (Categoria B – Wolfsburgo)

Era uma vez um viajante que procurava novas aventuras. Ele gostava de ver coisas novas e conhecer pessoas e culturas novas.

Ele viajou pelo mundo todo, viu muitas montanhas verdes, desertos, paisagens com flores magníficas e mares que fazem o horizonte parecer infinito.

Mas em nenhum lugar ele realmente se sentiu confortável, não tinha a ver com as paisagens fantásticas, nem com as pessoas com quem ele estava e as suas comunidades.

Então ele continuou a viajar sem parar.

Mas um dia ele conheceu um país, um país que o mudou, era Portugal.

De um Sol abundante e com pessoas tão simpáticas e acolhedoras, tudo junto o fez mais feliz do que nunca.

Quando as pessoas conversavam com ele era maravilhoso, era uma linguagem que parecia música nos seus ouvidos, era uma linguagem que movia e aproximava as pessoas, era a língua portuguesa com a qual ele se sentia confortável.

E finalmente ele encontrou o seu lar.

 

Ricardo Nascimento (Categoria C – Hannover)

A Língua Portuguesa

Esta minha língua materna

Que me faz sentir especial

Deixa todo o mundo encantado,

Quando ouvimos o hino de Portugal!

*******************************

Esta minha língua materna

Que tem palavras sem explicação.

Tem a palavra “Saudade” que

Se encontra no meu coração.

*******************************

Esta minha língua materna

Que está espalhada no mundo inteiro

Consegue conectar pessoas

Até mesmo no estrangeiro.

*******************************

Esta minha língua materna

Que eu amo com paixão

Ninguém me consegue separar

Da minha querida nação

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s